AGÊNCIA OFICIAL


 

Há mais de 30 anos no mercado paraense, a Valeverde Turismo atua no segmento de viagens de lazer, viagens de negócios, turismo regional e agência oficial de eventos. Possui frota própria de ônibus e barco e uma exclusiva Sala Vip na área de embarque do Aeroporto de Belém.

Com amplo conhecimento da região, a Valeverde possui inesquecíveis passeios terrestres e fluviais em Belém e arredores, com destaque para os passeios a bordo do Barco Tribo dos Kayapós, o melhor barco de turismo da região.

Venha para Amazônia! Encante-se com as cores, os cheiros, paisagens e sabores de Belém.

Fone: 55 91 3218-7328

www.valeverdeturismo.com.br

 

 

Belém te espera!

 

Um pouco de história

A capital paraense foi fundada em 12 de janeiro de 1616, no Norte do Brasil. A “cidade das Mangueiras”, como também é conhecida, destaca-se por sua pluralidade, que pode ser vista nas músicas, na culinária, na cultura, nos pontos turísticos e nas manifestações populares que proporcionam as mais diversas oportunidades e vivências.

Ao chegar a Belém, você vai perceber que a cidade reúne as características de uma metrópole com o encanto típico das cidades que ficam longe dos grandes centros. O fluxo de águas, pessoas, ruas e florestas nos transporta a pistas históricas de seus 403 anos, aliando o imaginário sobre a Amazônia e a realidade que só se pode conhecer ao ser experimentada.


Clima

A chuva é uma rotina por aqui, mas, ao mesmo tempo, o sol vai continuar “torando”! Então use roupas leves para quando estiver na rua, sem esquecer que ambientes internos são todos bastante refrigerados, então um agasalho na bolsa vem a calhar! Temos nossos dias de neblina também de 23°C. Para nós é o verdadeiro “inverno amazônico”.

O clima equatorial definitivamente pega pesado, então, protetor solar e um guarda-chuva são itens básicos. Dependendo do rolê que você quiser fazer, como o Museu Emílio Goeldi, o Bosque Rodrigues Alves ou o Parque Estadual do Utinga, é bom ter um repelente em mãos, mas não se preocupe, o que não falta aqui são farmácias onde você pode adquirir esses itens.

 Gastronomia

Belém ainda oferece uma gama de sabores e sensações. A gastronomia, com influências indígenas, africanas e europeias, traz gostos que você não pode deixar de conhecer, com pratos preparados com raízes e folhas da terra, peixes dos nossos rios, temperos e frutas em abundância. O açaí, tão conhecido nacionalmente, aqui tem um jeito próprio de ser consumido e, com certeza, você vai ter que provar. O jambu e o tucupi são outros sabores imperdíveis. 

Cozinha regional

Família Caranguejo
Se tiver com vontade de conhecer o chamado “toc toc” ou provar uma bela sopa de caranguejo, vá ao restaurante Família Caranguejo que a experiência gastronômica é incrível e muito família! O espaço tem cardápio de pratos fit e opções para os não adeptos a mariscos. Saladinhas, fettuccine e filés à moda do chefe te aguardam também. Se estiver com crianças, tem até uma brinquedoteca para a garotada. Estacionamento próprio.
Funcionamento de terça a quinta, das 18h às 23h, sexta e sábado, das 11h às 23h, e domingos e feriados, das 11h às 17h.
Endereço: Travessa Piedade, 426 – Reduto.
Contato: (91) 3351-3483.
Faixa de preço mediana.

Manjar das Garças
É um refinado restaurante situado no Mangal das Garças, ponto turístico de Belém. Serve vários pratos tradicionais da culinária paraense, com toque da alta gastronomia. Uma ótima opção para finalizar o passeio no Mangal, saboreando um delicioso pato no tucupi com risoto de jambu.
Funciona de terça a domingo, das 12h às 16h e das 20h à meia-noite.
Endereço: Rua Carneiro da Rocha, s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 3242-1056.
Faixa de preço alta.

Point do Açaí
Culinária típica da cultura paraense, com destaque para o tradicional açaí e peixes regionais. No restaurante, possível acompanhar uma demonstração de como o açaí é “batido” para chegar às nossas mesas. Há duas unidades:

Point Boulevard
Funcionamento domingo e segunda, das 11h às 16h,e de terça a sábado, das 11h às 22h30.
Endereço: Avenida Boulevard Castilhos França, 744, esquina com a Av. Presidente Vargas – Campina.
Contato: (91) 3212-2168.
Faixa de preço mediana.

Point Veiga
Funcionamento de segunda a domingo, das 11h às 16h.
Endereço: Rua Veiga Cabral, 450, esquina com a Trav. Bom Jardim – Cidade Velha.
Contato: (91) 3225-4647 | 3230-3162.
Faixa de preço mediana.

Remanso do Bosque
É o famoso restaurante de cozinha contemporânea paraense, do reconhecido chef Tiago Castanho. Prove o famoso filhote na brasa ou as ostras de São Caetano de Odivelas, servidas somente às sextas.
Funcionamento de terça a quinta, das 11h30 às 15h e das 19h às 22h30; sexta e sábado, das 11h30 às 15h30 e das 19h às 23h30; e domingo, das 11h30 às 15h30.
Endereço: Avenida Rômulo Maiorana, 2350 – Marco.
Contato: (91) 3347-2829.
Faixa de preço alta.

Remanso do Peixe
Localizado em uma vila, na antiga Casa da Família Castanho, o Remanso do Peixe é um convite para conhecer uma casa paraense que respira culinária regional. Ah, é preciso ir prevenido financeiramente porque as opções do cardápio não são tão em conta, mas os pratos principais alimentam duas pessoas muito bem.
Funcionamento de terça a domingo, das 11h30 às 15h30; e de terça a sábado, das 19h às 22h30.
Endereço: Travessa Barão do Triunfo, 2590, Casa 64, entre Avenida Duque de Caxias e Av. Visconde de Inhaúma – Marco.
Contato: (91) 3228-2477.
Faixa de preço alta.

Santa Chicória
É um restaurante de comida contemporânea paraense. O lugar é para quem é admirador da alta gastronomia e está podendo gastar.
Funciona diariamente, das 12h às 15h e das 19h às 23h30.
Endereço: Avenida Senador Lemos, 565 – Umarizal.
Contato: (91) 3347-9899.
Faixa de preço alta.

Tacacá do Renato
É com certeza um dos melhores lugares para provar o tacacá, prato famoso da culinária paraense, feito com camarão, tucupi, jambu e goma de mandioca, mas também serve um delicioso vatapá e caruru.
Funciona diariamente, das 16h às 22h.
Endereço:Avenida Serzedelo Corrêa, 401 – Nazaré.
Contato:(91) 3351-2462.
Faixa de preço acessível.

Tomaz Culinária do Pará
Restaurante onde você pode encontrar pratos típicos paraenses, usando ingredientes da região para agradar a paladares de todo o Brasil. Há duas unidades:

Loja 1
Funciona diariamente, das 11h30 às 22h.
Endereço: – Avenida Visconde de Souza Franco, 996 – Reduto.

Loja 2
Funciona diariamente, das 11h30 às 22h.
Endereço: Avenida Rômulo Maiorana, 959 – Marco.
Contato: (91) 3353-9083.
Faixa de preço acessível.


 

Pontos turísticos

Belém possui diversos cartões-postais. Visitá-los chega a ser obrigatório para quem deseja sentir de perto a cultura e a história da cidade. Para se divertir, há opções de pontos turísticos famosos, museus, espaços culturais e gastronômicos, entre outros.

Confira tudo em nosso guia:

Basílica de Nazaré
Um dos principais patrimônios históricos, culturais e religiosos de Belém, erguida no local onde, reza a tradição, foi encontrada, pelo caboclo Plácido, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, dando início à devoção que hoje se manifesta no Círio de Nazaré, a maior procissão do mundo com mais de 2 milhões de peregrinos.
Funciona diariamente (consultar horários e programações no site).
Endereço: Avenida Nazaré, 1300 – Nazaré.
Contato: (91) 4009-8400 | (91) 4009-8440 | (91) 4009-8407.
Faixa de preço acessível (entrada gratuita).

Centro Histórico
Abriga casarões de arquitetura europeia, igrejas e galerias de arte, é um ponto turístico muito significativo.
Funciona diariamente.
Endereço: Bairros da Cidade Velha e Campina.
Faixa de preço acessível.

Cine Olympia
O mais antigo cinema de rua do Brasil ainda em pleno funcionamento, dedicado à exibição de mostras do circuito não comercial.
Funciona diariamente (consultar horário das programações na bilheteria).
Endereço: Avenida Presidente Vargas, 918 – Campina.
Contato: (91) 3230-5380.
Faixa de preço acessível.

Complexo Feliz Lusitânia
Berço onde nasceu a cidade de Belém, local no qual estão reunidos alguns de seus principais pontos turísticos, como o Forte do Castelo, a praça Dom Frei Caetano Brandão, a Casa das 11 Janelas, a Igreja de Sandro Alexandre, onde funciona o Museu de Arte Sacra e a Catedral Metropolitana de Belém.
Funcionamento de terça a domingo, das 10h às 20h.
Endereço: Praça Dom Frei Caetano Brandão, 117 – Cidade Velha.
Contato: (91) 4009-8828.
Faixa de preço acessível.

Estação das Docas
É um dos passeios clássicos de Belém. Não à toa está sempre movimentado de turistas e visitantes locais. É bastante procurado por quem quer jantar, tomar um sorvete, beber uma cerveja de produção local com os amigos ou simplesmente admirar a Baía do Guajará. E ainda fica do ladinho do Ver-o-Peso, cartão postal de Belém.
Funciona diariamente, das 8h às 2h.
Endereço: Avenida Boulevard. Castilhos França, s/n – Campina.
Contato: (91) 3212-5525.
Faixa de preço alta.

Forte do Presépio
Abriga uma exposição permanente com itens da cultura material de populações indígenas que aqui habitavam antes e durante o período colonial. Também é conhecido como Forte do Castelo.
Funcionamento de terça a sexta, das 10h às 17h, sábado e domingo, das 9h às 13h.
Endereço: Praça Dom Frei Caetano Brandão, s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 4009-8678.
Faixa de preço acessível.

Mercado do Ver-o-Peso
É uma das maiores feiras livres da América Latina, eternizada em vários programas de televisão, parada obrigatória para conhecer as simpatias feitas pelas erveiras, as frutas da Amazônia e quem sabe comer o famoso peixe frito ou conhecer o Mercado de Ferro, com sua estrutura metálica em Art Nouveautrazida dos Estados Unidos e da Inglaterra graças ao dinheiro da borracha no século XIX.
Funciona diariamente, das 7h às 18h.
Endereço: Avenida Boulevard Castilho França, s/n – Cidade Velha.
Faixa de preço acessível.

Museu de Arte Contemporânea Espaço Cultural Casa das Onze Janelas
Museu dedicado a exposições de arte contemporânea. Possui várias coleções de arte moderna, contemporânea e fotografia de artistas locais e nacionais.
Funcionamento de terça a sexta, das 10h às 17h, sábado e domingo, das 9h às 13h.
Endereço: Praça Dom Frei Caetano Brandão, s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 4009-8695.
Faixa de preço acessível.

Theatro da Paz
Uma joia remanescente do ciclo de ouro da borracha, onde cantaram várias das maiores sopranos europeias do século XIX e foram encenadas as principais óperas. Um passeio guiado e erudito por essa obra arquitetônica inspirada no Teatro Scalla de Milão (Itália) vai ensinar muito sobre a história da cidade. Fique ligado no nosso site que divulgaremos a programação do Theatro da Paz no período do evento!
Funcionamento de terça a sexta, das 9h às 18h, sábado das 9h às 12h, e domingo das 9h às 11h.
Endereço: Rua da Paz, s/n – Praça da República.
Contato: (91) 4009-8750.
Faixa de preço acessível.

 

Contato com a natureza

Bosque Rodrigues Alves
É um pedaço de floresta nativa dentro da cidade, uma área de preservação ambiental no bairro do Marco. O espaço foi inaugurado em 1883 e atualmente abriga mais de 80 mil espécies de flora e fauna, com média de 20 mil visitantes por mês. A entrada tem um preço simbólico.
Funcionamento de terça a domingo, das 8h às 16h.
Endereço: Avenida Almirante Barroso, 2305 – Marco.
Contato: (91) 3277-1112.
Faixa de preço acessível.

Mangal das Garças
É um dos passeios mais bonitos a se fazer na cidade. Localizado no bairro da Cidade Velha, o Mangal conta com vários espaços de visitação como o borboletário (se tiver sorte, as borboletas pousam na sua mão, rendendo as melhores fotos de Instagram da viagem), a fauna livre, com vários pássaros e iguanas. Do mirante, se pode ver boa parte da cidade e uma ponte leva até a beira do rio, da qual se pode ver o mangue original que cobria toda a orla da cidade. É lá também que se encontra o famoso restaurante Manjar das Garças e um pequeno museu sobre história da navegação.
Funcionamento de segunda a domingo, das 9h às 18h.
Endereço: Rua Carneiro da Rocha, s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 3242-5052.
Faixa de preço mediana/acessível (entrar no Mangal é de graça, mas as atrações são pagas e o restaurante tem preço próprio).

Orla de Icoaraci
Fica no distrito de Icoaraci (“De frente para Sol”, em Tupi), afastado do centro, mas uma ótima opção para ver o rio e comer peixe nas barracas. Tem uma vista magnífica da Baía do Guajará. É um local turístico que reúne pessoas que buscam lazer, conversar e socializar, principalmente nos finais de semana. Outro atrativo dessa orla é a feira de artesanatos, onde são vendidos os tradicionais objetos de cerâmica marajoara, produzidos pelos mestres locais e exportados para todo o Brasil. Vale a pena conhecer!
Funciona diariamente, aberta o dia todo.
Endereço: Rua Siqueira Mendes – Cruzeiro (Icoaraci).
Faixa de preço mediana/acessível (a orla possui restaurantes e artesanatos de diferentes custos).

Parque Estadual do Utinga
Foi criado em 3 de maio de 1993. Com 1.353 hectares, o Parque Estadual do Utinga é uma unidade de conservação ambiental. Possui lagos encantadores, pássaros e uma rica biodiversidade, itens que atraem visitantes e pesquisadores. Recentemente reformado, o Parque tem um belo pórtico na entrada, dois lagos que abastecem a cidade, um espaço de acolhimento e área ecológica que retrata o ecossistema amazônico. Alugue uma bicicleta, prepare a roupa de exercício e programe-se para um turismo ecológico! É excelente para quem quer se exercitar, só não esqueça da garrafinha de água, pois o calor ali não é brincadeira.
Funciona diariamente (exceto terça), das 6h às 17h.
Endereço: Avenida João Paulo II, s/n – Souza.
Contato:(91) 3342-2630.
Faixa de preço acessível.

Portal da Amazônia
Foi inaugurado em 2012, um espaço que promove lazer e tranquilidade para aqueles que pretendem realizar uma atividade física ao ar livre, apreciar uma bela vista do pôr do sol, passear. Com cerca de 1,5 mil metros de área de lazer com um corredor na orla do Rio Guamá, o espaço situa-se entre as ruas Veiga Cabral e Mundurucus, no bairro do Jurunas, na capital paraense. O local foi escolhido para receber o monumento “Ímpeto”, uma das 22 obras do Prêmio Arte Monumento Brasil 2016, do Ministério da Cultura do Governo Federal. Confira lá!
Funciona diariamente, aberto o dia todo.
Endereço: Portal da Amazônia, s/n – Jurunas.
Faixa de preço acessível (entrada gratuita).

Ver-o-Rio
Fica na orla de Belém e é uma ótima opção para curtir a brisa à beira da Baía do Guajará. No fim da tarde, aproveite para provar as tapiocas bem recheadas servidas no calçadão. Aos sábados pela manhã, alguns grupos de canoagem de Belém se reúnem lá para remar na orla, ótima opção para quem curte esportes aquáticos.
Funciona diariamente, aberto o dia todo.
Endereço: AvenidaMarechalHermes, 1374 – Umarizal.
Faixa de preço acessível.


 

Como chegar em Belém?

 

Avião:

O Aeroporto Internacional Val-de-Cans - Júlio Cezar Ribeiro leva o nome de um importante cientista paraense que estudou na França, no século XIX, se destacando nas ciências aeronáuticas. Possui voos diretos de e para boa parte do país, de toda forma, é importante que você se programe com antecedência para garantir passagens aéreas mais acessíveis. 

Para sair do aeroporto para o local onde ficará hospedado, é possível usar serviço de cooperativas de táxi tabelado (com taxas fixas que começam em R$ 50 e aumentam de acordo com a área da cidade para a qual será o deslocamento) ou com taxímetro ligado. Mas sempre é possível chamar um Uber ou 99táxi também. Como o local fica um pouco afastado do centro, é melhor evitar pegar ônibus para chegar ou sair do aeroporto.

 

Ônibus:

Também é possível chegar a Belém por meio de ônibus interurbanos (há empresas com viagens diárias para Belém de todas as regiões do país). O Terminal Rodoviário de Belém funciona 24 horas e fica no bairro de São Brás, bem próximo ao centro da cidade. De lá, é possível apanhar algum transporte público urbano (a tarifa atualmente é de R$ 3,60). Sempre há táxis disponíveis logo em frente ao Terminal, mas um Uber ou 99táxi também são opções para chegar ao local da sua hospedagem.  

 

Carro:

Por rodovias, se você estiver vindo do Sul, Sudeste ou Centro Oeste, você deverá percorrer os trechos que levam até a Rodovia Belém-Brasília (BR-153 ou BR-010), que liga a capital do Brasil à nossa cidade. No caso do Nordeste, uma das opções é ir até Teresina, no Piauí, e pegar a BR-316, que passa pelo Maranhão e chega até Belém.  

 

 

Patrocinador


Patrocinador Master

Conselho Federal de Nutricionistas


Patrocinador PRATA

Realização


Associação Brasileira de Nutrição

Associação de Nutrição do Estado do Pará

Organização


Pauta.com

Agência Oficial